Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2017

Sociedade Americana de Nutrição disponibiliza acesso a quatro títulos da área

Imagem
Alimentação é assunto sério. Para auxiliar grande parte da população que não sabe como seguir bons hábitos – apesar do interesse e da boa intenção muitas vezes estarem presentes – existe um profissional que se qualifica nessa seara: o nutricionista. O Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) disponibiliza no seu acervo várias opções de pesquisa para especialistas da área, incluindo* os periódicos da American Society for Nutrition (ASN). 
O Brasil apresenta crescente preocupação com os problemas de nutrição que assolam o país e o mundo. Tanto que foi, segundo informações do Ministério da Saúde, a primeira nação a se comprometer formalmente com metas específicas para a Década de Ação em Nutrição da Organização das Nações Unidas (ONU). O envolvimento foi consolidado em maio deste ano, durante a Assembleia Mundial da Saúde, realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
As metas estabelecidas têm relação com o aumento de peso e os hábit…

Ferramenta Mendeley foi foco de atividade no último dia 10 de novembro

Imagem
A Biblioteca Paulo Lacerda de Azevedo promoveu, no último dia 10/11, a capacitação "Gerenciando Referências com o Mendeley". Na ocasião foram demonstradas as funcionalidades da ferramenta para alunos de graduação, pós-graduação e professores da Universidade. A  atividade faz parte do projeto "Programa de Capacitação em Pesquisa, Organização e Uso da Informação Científica em Saúde" que está sendo preparado em módulospara ser implantado como serviço permanente da Biblioteca no próximo ano. 

Fique atento às nossas futuras divulgações!


Programa de Capacitação: Gerenciando Referências com o Mendeley

Imagem

Bancos de armazenamento de cordão umbilical têm 23.850 unidades preservadas

Imagem
Rico em células-tronco, cordão umbilical pode ser armazenado e doado a pacientes que necessitam de transplante de medula óssea

Você sabia que mais de 80 doenças podem ser tratadas por meio do transplante de células-tronco presentes no cordão umbilical de recém-nascidos? Isso porque o sangue de sua estrutura, rico em células-tronco hematopoéticas, pode ser coletado após o nascimento do bebê e armazenado para ser doado a pacientes que necessitam de transplante de medula óssea. O procedimento acontece de forma indolor e segura. Segundo a pediatra e neonatologista Marily Soriano, do Hospital Santa Luzia, em Brasília, "o transplante de medula óssea é indicado como tratamento de diversas doenças, como leucemias, linfomas, anemias graves, anemias congênitas, hemoglobinopatias, imunodeficiências congênitas e mieloma múltiplo". De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), até setembro de 2017, foram preservados 23.850 unidades de cordão umbilical nos bancos públicos do País e…