quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Produção científica

Sex, 05 de Agosto de 2016
Substância da romã pode melhorar força e resistência muscular
A evolução da sociedade desde suas origens até sua forma atual veio com uma mudança acentuada no comportamento alimentar. Itens encontrados na natureza atuam hoje como importantes alimentos básicos dos animais, tanto quanto há milhares de anos. Com esse enfoque, um estudo suíço, publicado no periódico Nature Medicine, afirma que a romã apresenta elevado potencial antienvelhecimento – aumentando a reputação da fruta, que já é conhecida por promover uma série de benefícios à saúde.

Cientistas da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL) utilizaram camundongos para o experimento e visualizaram que os animais tiveram um aumento de mais de 40% de resistência após receberem o estímulo de urolithin A. A substância é produzida pelo corpo humano quando os compostos conhecidos como elagitaninos, encontrados em romãs, são decompostos por bactérias no intestino.

Com essa informação em mãos, a equipe de pesquisadores está trabalhando com a empresa de biotecnologia Amazentis para desenvolver um suplemento nutricional que pode aumentar a resistência e a força muscular durante o envelhecimento. O primeiro estudo clínico em humanos está previsto para ocorrer no próximo ano.

"Acreditamos que nossa pesquisa, descobrindo os benefícios do urolithin A, é uma promessa para reverter o envelhecimento muscular. Trata-se de uma substância completamente natural e seu efeito é poderoso", disse Patrick Aebischer, presidente da EPFL e co-fundador da Amazentis.

O artigo “Urolithin A induces mitophagy and prolongs lifespan in C. elegans and increases muscle function in rodents”, publicado na revista científica Nature Medicine, está disponível para acesso no Portal de Periódicos da Capes.

Os autores da pesquisa são Dongryeol Ryu, Laurent Mouchiroud, Pénélope Andreux, Elena Katsyuba, Norman Moullan, Amandine Nicolet-dit-Félix, Evan Williams, Pooja Jha, Giuseppe Lo Sasso, Damien Huzard, Patrick Aebischer, Carmen Sandi, Chris Rinsch e Johan Auwerx.

Acesso ao Nature Medicine
O periódico Nature Medicine publica artigos originais de pesquisa. Com o objetivo de manter os leitores – profissionais e leigos – informados sobre uma ampla gama de resultados da investigação biomédica, o título se empenha em listar os mais recentes avanços em várias áreas da saúde, como biologia do câncer, biologia vascular, neurociência, doença inflamatória, doenças infecciosas e doenças metabólicas.

Os usuários do Portal de Periódicos têm acesso em texto completo à Nature Medicine.

Portal de Periódicos CAPES/MEC
Com informações de O Globo

Alice Oliveira dos Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: