segunda-feira, 5 de junho de 2017

InovaSUS premia boas práticas para melhorar saúde no Brasil

Melhorar a qualidade do trabalho dos profissionais de saúde que atuam nos programas de saúde pública e também o serviço oferecido à população é um esforço constante do Ministério da Saúde. E quando esse esforço também é compartilhado pelos gestores municipais e estaduais, os resultados podem ser significativos. O projeto “Melhor em Casa Curitiba: Transformando as relações de trabalho para uma organização tipo cérebro” , por exemplo, passou a agregar os trabalhadores nas ações de gestão, e viu uma melhora significativa na motivação e comprometimento com o trabalho.

Parece uma medida simples, mas foi essa a proposta ganhadora do prêmio InovaSUS de boas práticas em gestão do trabalho, promovido pelo Ministério da Saúde. Neste ano, o evento de premiação teve como tema “Valorização de Boas Práticas e Inovação na Gestão do Trabalho na Saúde”.

Elaine Rossi, Diretora do Instituto de Ensino e Pesquisa da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (FEAES), vinculada à Prefeitura de Curitiba, explica que durante o começo da proposta, eram aplicados questionários sobre escalada de satisfação no trabalho. “Percebemos que um dos pontos principais era a democratização das relações de trabalho, e começamos a fazer algumas iniciativas que pudessem tornar os trabalhadores também gestores das suas ações”.

Valorizar essas ações também é um ponto importante, e motiva ainda mais os trabalhadores e gestores a dar continuidade ao trabalho. “Quem ganha, além do trabalhador, é o usuário do SUS. Todo conhecimento que está sendo construído com esse prêmio está sendo divulgado, e certamente outras pessoas estão sendo levadas a modificar os seus espaços de trabalho”, explica a Diretora do FEAES. Além disso, Elaine defende que o profissional motivado atende o paciente de outra maneira, passando confiança e entusiasmo para a população. 

Aline Czezacki, para o Blog da Saúde.

Fonte: Blog da Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: