quinta-feira, 4 de setembro de 2014

'Câmera de documentos' captura, amplia e transmite imagens em apresentações


Equipamento desenvolvido por empresa de tecnologia projeta imagens
em tempo real a partir de estrutura com aparelho de alta resolução.
(foto: divulgação)



          A empresa Bonavision lançou um novo equipamento que pode auxiliar professores e pesquisadores em apresentações didáticas de textos, fotografias e amostras, entre outros materiais. Trata-se da Câmera de Documentos com Zoom CDZ140, desenvolvida com apoio da FAPESP por meio dos programas Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) e Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI).

          O equipamento consiste em uma prancha ou bandeja fixa com trilhos metálicos funcionando como guia para uma câmera de vídeo colorida que desliza sobre a estrutura, movimentando-se horizontalmente e verticalmente de modo a percorrer toda a área de trabalho.
          Indicada para salas de aula, reuniões e ambientes coletivos de estudo e trabalho em geral, a câmera captura e demonstra imagens e sons em apresentações em tempo real.       Também é possível gravar as demonstrações.

          “Esperamos que o equipamento seja usado nas mais diversas áreas do conhecimento e da atividade tecnológica. São múltiplas as possibilidades de uso: em controle de qualidade de produção,  impressão, ampliação de imagens em medicina forense, produção de produtos que exijam precisão, como a fabricação de circuitos, colagens, tecelagem, entre outros”, disse José Américo Bonatti, diretor da empresa.

          A câmera permite a transmissão simultânea do conteúdo capturado ou gravado e pode auxiliar na preparação de aulas e tutoriais, integrando-se a computadores, televisores, projetores e quadros interativos. A estrutura é ajustável à demonstração de páginas de livros, manuscritos e objetos e peças diversas.
          “Anotações, trabalhos manuais, colagens e dissecções podem ser realizados com grande riqueza de detalhes”, disse Bonatti. O tamanho da imagem pode ser ajustado por meio de zoom para proporcionar visão panorâmica ou focalizada em grande aumento.

Tecnologia

          O design do equipamento e os deslocamentos horizontais e verticais da câmera dispensam a movimentação do objeto, que pode permanecer fixo sobre a prancha. Também é possível alternar a imagem captada com as imagens provenientes do computador.
          O ajuste do tamanho da imagem e do foco é feito por meio de alavancas no corpo da câmera, que tem sensor CCD de 1/3 de polegada e resolução de 580 linhas, gerando registros com resolução de 800 por 490 pixels.
          A transmissão para monitores é feita por cabo de vídeo composto ou conexão VGA para tela de monitor de computador e projetor, com microfone para gravação de áudio. A câmera pode sair de seu encaixe, caso seja necessário, e há apoio para suporte de livros, cadernos e objetos em geral.
          O produto é o quinto lançado pela Bonavision e utiliza tecnologias implementadas nos demais. O primeiro, em 2008, foi uma lupa especial para leitura que amplia textos em sete vezes. Em 2009, os pesquisadores da empresa lançaram uma prancha de leitura acoplada à lupa.
          Em 2011, foi criada uma lupa eletrônica com zoom, utilizando a mesma plataforma. Mais recentemente, foi desenvolvido um sistema para que estudantes com deficiência visual possam enxergar de forma ampliada e com maior comodidade o que está na lousa e o que copiam no caderno, em sala de aula.

Mais informações: www.bonavision.com.br.

Por Diego Freire

FONTE: Agência FAPESP, 4/09/2014. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: