quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Brasil é incluído em levantamento sobre uso de drogas


Pela primeira vez, o Brasil foi incluído na lista de nações participantes de uma das mais abrangentes pesquisas sobre uso de drogas no mundo.


                   Por meio da internet, o Global Drug Survey (GDS) recolhe periodicamente informações sobre a utilização de entorpecentes em mais de 30 países - utilizadas para formulação de campanhas de prevenção e políticas públicas. A participação voluntária dos brasileiros na coleta já em andamento, porém, está abaixo do esperado.
                   A adesão nacional ao estudo organizado pelo King's College de Londres permitirá a comparação dos padrões de uso entre a população e outros países. Essa é uma dificuldade enfrentada hoje por especialistas na área, já que diferenças nos critérios e parâmetros utilizados em estudos locais como o Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad) em relação a pesquisas internacionais quase sempre impedem esse cotejamento.
                   - A inclusão no Brasil facilita comparações com outras regiões do mundo, por isso é muito importante. E o GDS é que serve de base para a criação de políticas públicas sobre drogas na Inglaterra, por exemplo - afirma a doutora em psiquiatria e pesquisadora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Clarice Madruga, também coordenadora do II Lenad.
                   O problema é que, até o momento, apenas uma centena de voluntários acessou o site da pesquisa para participar. O ideia, segundo Clarice, que atua como parceira do GDS no Brasil, é que houvesse no mínimo 3 mil respostas até 10 de dezembro, data prevista para o encerramento da coleta de informações.
                  - A participação é anônima - diz.

PARA PARTICIPAR
Basta acessar o site

Clicar na bandeira de Portugal para acesso ao questionário em português.


FONTE: Zero Hora, 21/11/2012,  p. 39 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: