sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Brasil não prioriza intercâmbio e qualidade de artigos científicos

 
 



 O Brasil não tem nenhuma universidade entre as 200 melhores do mundo na edição 2013-2014 do ranking internacional Times Higher Education (THE)

A queda da USP e da Unicamp neste ano no ranking THE precisa ser colocada em perspectiva mais ampla, tanto pelo que reflete com fidelidade a respeito do ensino superior brasileiro quanto pelo lado mais questionável desse tipo de avaliação. 

O THE informa que os dois componentes que mais pesaram na queda foram pioras na pesquisa de reputação e no impacto da pesquisa produzida nessas universidades. São elementos bem diferentes.

A reputação é medida basicamente por questionários enviados a milhares de acadêmicos mundo afora. Não parece improvável que possa sofrer variações bruscas ano a ano. E, claro, a reputação é o clássico exemplo do fenômeno "quem é rico fica mais rico": a chance de Harvard, MIT e Oxford concentrarem as menções é sempre muito mais elevada.

Por outro lado, o intercâmbio internacional relativamente baixo e o pouco domínio do inglês são fatores reais que podem barrar um aumento mais consistente da reputação.

A coisa fica mais objetiva, porém, quando se fala no impacto da pesquisa, medido por citações -- quantas vezes um artigo científico é citado por pesquisadores mundo afora.
Nesse ponto, o consenso entre especialistas parece ser que o Brasil teve sucesso em aumentar o volume de artigos -- é a 13ª nação em número --, mas a qualidade, medida (de modo cru, é verdade) pelo total de citações, deixa a desejar.

Seria um erro, porém, considerar essa uma barreira intransponível. No ranking por áreas do conhecimento, o THE coloca a USP num honroso 93º lugar em ciências biológicas.
O desafio, portanto, parece ser superar a "adolescência" focada na produção bruta de muitos artigos e identificar as áreas de pesquisa nas quais é possível fazer a diferença.

(Reinaldo José Lopes/Folha de S. Paulo)


VEJA O RANKING DAS MELHORES UNIVERSIDADES DO MUNDO PELA TIMES HIGHER EDUCATION
Instituição País Saiba mais
1º) Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) EUA Site oficial
2º) Universidade Harvard EUA Site oficial
     Universidade Oxford Reino Unido Site oficial
4º) Universidade Stanford EUA Site oficial
5º) Instituto de Tecnlogia de Massachusetts (MIT) EUA Site oficial
6º) Universidade Princeton EUA Site oficial
7º) Universidade de Cambridge Reino Unido Site oficial
8º) Universidade da Califórnia, Berkeley EUA Site oficial
9º) Colégio Imperial de Londres Reino Unido Site oficial
10º) Universidade de Chicago EUA Site oficial
225º-250º) Universidade de São Paulo (USP) Brasil Site oficial
301º-350º) Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Brasil Site oficial
VEJA O RANKING COMPLETO (link para o site da Times Higher Education)
Fonte: Times Higher Education
  



FONTE: Folha de São Paulo, 3/09/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: