sexta-feira, 31 de maio de 2013

OPAS lança campanha mundial contra propaganda de cigarros

 


         A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) lançou, na terça-feira (28/5,) na sede da instituição em Brasília (DF), a campanha “Tabaco: proíba publicidade, promoção e propaganda”. A ação marca as homenagens da Organização Mundial da Saúde (OMS) em relação ao Dia Mundial sem Tabaco, comemorado nesta sexta-feira (31/5).

        Integram a promoção cartazes, vídeos e disponibilização gratuita da arte da campanha na página da OMS na internet em vários idiomas. “O problema do tabaco não pode ser visto como um caso de saúde, mas tem que ser enfrentado de forma sistêmica por toda sociedade”, defendeu o representante interino da Opas, Felix Rigoli, na solenidade de lançamento da campanha.

       Já o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, reafirmou o compromisso da diretoria da Agência de trabalhar, em relação aos produtos derivados do tabaco buscando uma regulação assertiva e transparente com foco no controle dos danos. “O Brasil tem sido capaz de mostrar para outros países que é possível fazer algo e conquistar muitos resultados”, afirmou Barbano. O diretor disse também que a Anvisa já deu um grande passo na regulação ao proibir os aditivos no cigarros.

       O diretor-geral do Instituto Nacional do Câncer, Luiz Antônio Santini, ressaltou os problemas relacionados à publicidade dos produtos derivados do tabaco. “Os embates, quando se trata da questão da publicidade, são duros, sabemos que a publicidade gera o agravamento da situação de quem fuma e contribui para iniciação, especialmente de jovens e de parcelas menos esclarecidas da população”, disse Santini.



Confira aqui
a campanha “Tabaco: proíba publicidade, promoção e propaganda”.


Leia também:

 Dia da Luta contra o câncer: Brasil avança contra o tabagismo

Campanha mundial contra propaganda de cigarros 
 

FONTE: ANVISA, 28/05/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: