quinta-feira, 4 de abril de 2013

Fundação Bill & Melinda Gates seleciona projetos inovadores de saúde em parceria com as FAPs

 
 
Uma boa ideia na cabeça, duas páginas de inscrição e é tudo o que você precisa para concorrer ao financiamento de 100 mil dólares oferecido pela Fundação Bill & Melinda Gates em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul e as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) de outros 16 estados brasileiros. O Grand Challanges Explorations (GCE) é um programa de financiamento para indivíduos com ideias inovadoras e arrojadas para solucionar grandes desafios na área de saúde, agricultura e desenvolvimento.

As inscrições para a 11ª edição do GCE estão abertas até 7 de maio a jovens pesquisadores, cientistas e a empreendedores da iniciativa privada ou de organizações não governamentais. Nesta chamada, os candidatos devem apresentar novas soluções de impacto global em 5 diferentes temas: convergências entre saúde humana e animal, interoperabilidade de indicadores sociais, a nova geração da camisinha, doenças tropicais negligenciadas e inovações para mulheres agricultoras.

Lançado pela Fundação Bill & Melinda Gates em 2008, o GCE financiou mais de 800 pesquisadores de 52 países. Três brasileiros já foram contemplados. Um deles é o engenheiro mecânico Antônio Ávila, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O prêmio o estimulou a tirar do papel seu projeto de fossa sanitária biodegradável. Formada por tijolos que se decompõem no meio ambiente, ela se degrada quando está cheia e permite a reutilização do solo para agricultura.

Ao redor do mundo, foram premiados projetos inovadores nas mais diversas áreas. Pesquisadores da Tanzânia receberam o financiamento de 100 mil dólares para investigar armadilhas ao ar livre capazes de reduzir o número de mosquitos infectados por malária em áreas endêmicas. Outro estudo contemplado se propõe a pesquisar uma classe de pequenas moléculas capazes de ativar o HIV para que o vírus seja depois destruído por antirretrovirais.
“Precisamos de novas ideias transformadoras para superar problemas persistentes em saúde e desenvolvimento”, afirma Chris Wilson, Diretor de Descobertas em Saúde Global e Pesquisa Translacional da Fundação Bill & Melinda Gates. “A inspiração pode vir de qualquer lugar e esperamos que esta nova rodada do Grand Challenges Explorations revele abordagens inovadoras para melhorar vidas ao redor do mundo.”

Para estimular ainda mais a participação de brasileiros no programa, a Fundação Bill & Melinda Gates fechou em dezembro de 2011 uma parceria com 17 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs). Se um projeto for contemplado pelo GCE, a Fundação do estado do pesquisador vai oferecer um adicional de 50 mil a 100 mil dólares. 

A Fundação Bill & Melinda Gates acredita que boas ideias para os desafios globais podem vir de qualquer indivíduo. Por isso, o programa não exige do candidato doutorado ou qualquer outra titulação acadêmica, mas seleciona projetos com base em sua solidez e potencial de inovação. O GCE está aberto a estudantes, professores e cientistas com diferentes níveis de experiência ligados a universidades, laboratórios públicos e instituições de pesquisa. Jovens empreendedores, representantes da iniciativa privada e organizações não governamentais também podem concorrer.

As inscrições devem ser feitas online e em inglês e vão até o dia 7 de maio. Os selecionados serão conhecidos no segundo semestre de 2013 e receberão 100 mil dólares da Fundação Bill & Melinda Gates mais um complemento de 50 mil a 100 mil dólares das FAPs parceiras. Os projetos bem sucedidos com os recursos iniciais terão a oportunidade de concorrer a um financiamento adicional no valor de 1 milhão de dólares.
Durante a inscrição, não há necessidade de enviar dados preliminares ou comprovação de resultados. O candidato deve apresentar sua proposta de forma clara em apenas duas páginas, explicando por que ela é inovadora, que impacto ela pode gerar e como a pesquisa proposta vai demonstrar sua aplicabilidade. É muito importante certificar-se de que seu projeto se encaixa perfeitamente nos tópicos propostos. Projetos fora dos temas não serão considerados. O GCE realiza duas chamadas por ano e contempla aproximadamente 80 projetos por rodada. A cada edição, são apresentados de 4 a 5 desafios em diferentes tópicos.

A 11ª edição busca ideias e soluções dentro dos cinco tópicos abaixo:
O Conceito de Saúde Única: a Convergência da Saúde Humana e Animal na Busca Por Novas Soluções
Aumentando a Interoperabilidade de Dados Sociais de Qualidade
Desenvolvimento de uma Nova Geração de Preservativos
Novas Abordagens para Detecção, Tratamento e Controle de Doenças Tropicais Negligenciadas
Inovações que Facilitem o Trabalho de Mulheres em Pequenas Lavouras
Para inscrever e enviar seu projeto, é preciso criar uma conta do GCE em: https://gce.gatesfoundation.org

Estudos específicos em prematuridade
Projetos de pesquisa para prevenir ou tratar bebês prematuros podem concorrer a outro financiamento específico oferecido pela Fundação Bill & Melinda Gates em parceria com o Ministério da Saúde e o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação. O programa Grandes Desafios Brasil: Prevenção e Manejo dos Nascimentos Prematuros vai oferecer 16,2 milhões a estudos científicos inovadores que ajudem a prevenir a prematuridade e a tratar suas consequências. A chamada procura soluções de grande impacto em quatro áreas: pesquisa biológica, tecnologia médica e desenvolvimento de produtos, prestação de serviços e mecanismos para mudanças de comportamentos.
Além de pesquisadores e cientistas, jovens empreendedores da iniciativa privada e organizações não governamentais também podem se candidatar ao financiamento.
Para se inscrever, o candidato deve submeter eletronicamente uma carta de intenções (em português e em inglês) até o dia 7 de maio, seguindo os procedimentos descritos na página do CNPq: http://bit.ly/Xl0G2X.

Baixe a descrição completa dos tópicos:
Clique aqui e baixe dicas para os candidatos


FONTE: FAPERGS, 27/03/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: