terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Ministério da Saúde oferece curso gratuito para farmacêuticos em São Paulo



Profissionais do SUS e docentes de instituições públicas podem se inscrever até o dia 31 deste mês. Aulas são presenciais, e contam com simulações práticas


          Os farmacêuticos do Sistema Único de Saúde (SUS) e de instituições públicas de ensino superior poderão expandir seus conhecimentos em Assistência Farmacêutica. O Ministério da Saúde em parceria com o Centro de Simulação Realística do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa do Hospital Albert Einstein oferecem uma capacitação gratuita nessa área. As inscrições podem ser realizadas até o dia 31 de janeiro, por meio do site http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=10152. O curso será ministrado presencialmente, em São Paulo, e oferece 320 vagas.

          Podem participar farmacêuticos de hospitais públicos e filantrópicos das áreas de oncologia, urgências e emergências e saúde mental, e farmacêuticos-docentes da disciplina de Assistência Farmacêutica ou congênere, de instituições públicas de ensino superior. Os inscritos serão selecionados segundo os seguintes critérios: comprovação dos requisitos com os documentos exigidos; ordem de inscrição; e análise do currículo resumido (tempo de experiência profissional na área).

          O curso será dividido em oito edições de 40 vagas, e utilizará a metodologia “Simulação Realística”, que replica experiências da vida real e favorece um ambiente participativo e de interatividade por meio de cenários de vivências práticas. A capacitação conta com uma carga horária de 16 horas, desenvolvidas ao longo de dois dias. Há previsão de cobertura do transporte aéreo, hospedagem, alimentação no curso e traslados do hotel até o local do evento e do local do evento ao aeroporto para todos os participantes, exceto residentes no estado de São Paulo.

          O secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales, destaca a importância de se qualificar profissionais da área. “A capacitação vai promover uma maior qualidade e segurança na administração de fármacos em ambientes hospitalares no SUS”, declara. O curso faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS), iniciativa do Ministério da Saúde que contribui para o desenvolvimento institucional por meio de intervenções tecnológicas e gerenciais, e capacitações profissionais executadas por hospitais de excelência portadores do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social em Saúde (CEBAS-SAÚDE).

Por Priscila Costa e Silva, da Agência Saúde

FONTE: Portal da Saúde, 22/01/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: