segunda-feira, 9 de julho de 2012

Revista do Hospital das Clínicas de São Paulo aumenta fator de impacto

Publicação se tornou a segunda mais importante em ciências médicas
 do Brasil e da América Latina (HC)

A revista Clinics, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), passou a ser a segunda publicação mais importante de ciências médicas do Brasil e da América Latina.

A constatação foi feita pela Thomson Reuters, que mede as citações de artigos (fator de impacto) de publicações científicas de circulação mundial.

De acordo com a empresa, o fator de impacto da publicação brasileira saltou de 1,4 em 2010 para 2,058 em 2011, atrás somente da revista Memórias do Instituto Oswaldo Cruz.

Editada em inglês, a revista científica brasileira conta com um grupo internacional de revisores de todos os continentes, sendo 36 médicos editores de área e 45 médicos como conselheiros editoriais.

A revista tem periodicidade mensal e está indexada nos principais meios de acesso científico mundial, como LILACS, PubMed (Medline), PubMed Central, Science Citation Index Expanded (ISI Web of Knowledge), Scopus, Qualis/Capes (classificada como jornal de medicina de circulação internacional) e Ulrich´s Periodical Directory.

“A revista é respeitada pela comunidade científica mundial, publicada eletronicamente e totalmente em inglês” disse Mauricio Rocha e Silva, editor da revista.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: