sexta-feira, 4 de maio de 2012

Exposição itinerante leva boca, nariz e ouvido gigantes ao Parque da Redenção


Idealizador salienta que exposição é uma forma lúdica de mostrar a anatomia dos órgãos
Foto: Jean Schwarz / Agencia RBS


E se fosse possível, como em um desenho animado, ficar tão pequeno a ponto de entrar por um ouvido e sair pelo outro para ver, por dentro, como funciona a audição? É mais ou menos essa experiência que a exposição itinerante Caminhos da Otorrinolaringologia pretende proporcionar aos visitantes.
Organizada pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), a mostra, no Parque Farroupilha (Redenção), em Porto Alegre, será aberta ao público na sexta-feira.

Até domingo, será possível percorrer o interior de nariz, boca e ouvido gigantes e receber orientações de prevenção a doenças que acometem essas áreas e que vão desde uma simples crise alérgica até a perda de audição ou câncer de laringe.

— É uma forma lúdica de mostrar a anatomia desses órgãos, fazendo uma associação entre o caminho pelo modelo inflável e os caminhos do próprio corpo — diz o otorrinolaringologista Marcelo Hueb, presidente da associação e idealizador da exposição.

Percorrendo a orelha inflável, por exemplo, o visitante segue por um corredor que reproduz o canal auditivo. No fim do tour pela audição, otorrinolaringologistas medem o som de fones de ouvido para criar um banco de dados com o perfil de quem ouve música em dispositivos portáteis. O alerta é para o risco de perda da audição por conta da exposição assídua a sons acima de 85 decibéis.

Quem sofre com alergias respiratórias, como rinite e sinusite, poderá entender como o problema afeta o organismo passeando por dentro de um nariz de cinco metros de altura, 12 metros de largura e 15 metros de comprimento.

O caminho pela narina direita mostra a estrutura de um nariz humano saudável, enquanto a esquerda ajuda e entender as principais doenças que afetam a respiração. O Jogo do Aroma convida a testar o olfato com cheiros que saem de uma caixa surpresa.

Ao ser "engolido" pela boca gigante, o público tem acesso a uma enorme laringe, onde pode conhecer o mecanismo das cordas vocais e entender as principais doenças que afetam a voz.

Antes de Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo já receberam a exposição. No próximo fim de semana, será a vez de Florianópolis (SC).

Serviço

O que: Exposição Caminhos da Otorrinolaringologia
Onde: Parque Farroupilha (Redenção), em Porto Alegre

Quando: de sexta-feira a domingo, das 9h às 17h

FONTE: Zero Hora, 4/05/2012

4 comentários:

  1. Magnifico,seria interessante se já não existe é claro,uma super boca para odonto,e quem sabe uma cadeira odontologica inflavel para atendimento nos interiores deste país,quando se faz orientações qto a escovação e exames de cancer bucal.
    meu

    ResponderExcluir
  2. Como faço para trazer esta exposição para a minha cidade... com quem devo falar?

    ResponderExcluir
  3. Como faço para trazer esta exposição para a minha cidade... com quem devo falar?

    ResponderExcluir
  4. Olá Nossa Sala

    Tente entrar em contato com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), que foi quem organizou a exposição.

    O site é este: http://www.sborl.org.br/conteudo/

    Abraço

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário: