quinta-feira, 14 de julho de 2011

Estudo comprova que animais de estimação fazem bem à saúde física e mental

 
Donos de bichos têm maior autoestima, estão mais aptos fisicamente, tendem a ser menos solitários, medrosos e preocupados, além de serem mais conscientes e extrovertidos.
Você tem animais de estimação? Se a resposta for positiva, é provável que você seja mais feliz e mais saudável do que  pessoas que não possuem bichinhos, de acordo com uma pesquisa publicada pela Associação Americana de Psicologia.
De acordo com os pesquisadores, cachorros, gatos e outros animais podem servir como importante apoio social e emocional aos seus donos, que estão tão próximos às pessoas importantes de suas vidas quanto dos seus animais. Isso indica que o estudo comprovou que não há evidências de que as pessoas confiem mais nos pets somente quando estão com relações humanas "pobres".
Psicólogos da Universidade de Miami e da Universidade de Saint Louis realizaram três experimentos para analisar os potenciais benefícios de animais de estimação entre o que eles chamaram de pessoas comuns, ou seja, entre pessoas sem problemas de saúde.

— Nós observamos evidências de que os donos de pets se saíram melhor nos testes do que as outras pessoas. Isso tanto em termos de bem-estar como em relação a características individuais — afirma o pesquisador Allen R. McConnell.

Conforme o especialista, verificou-se que os que possuem animais têm maior autoestima, estão mais aptos fisicamente, tendem a ser menos solitários, medrosos e preocupados, além de serem mais conscientes e extrovertidos.

Outras pesquisas sobre o tema já haviam demonstrado que pacientes idosos que possuíam pets tinham que ir menos ao médico e que soropositivos donos de cães ou gatos eram menos deprimidos.

No estudo publicado nesta semana, os pesquisadores avaliaram 217 pessoas, sendo 79% mulheres com idade média de 31 anos. Divididas em dois grupos, elas responderam um questionário com perguntas sobre bem-estar, personalidade e tipo de apego. Várias diferenças entre os "com" e "sem" bichos surgiram e, em todos os casos, os donos de animais se revelaram mais felizes, saudáveis e ajustados do que os outros.

FONTE: Bem-estar, 14/07/2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário: